Prefeitura Municipal de Ipatinga - Educa Cidade

Previsão do tempo

Você sabia?
Imprimir Email

Capacitação

Mais saúde nas escolas da rede municipal de ensino

por SECOM/PMI

23/08/2017 18:21

Nesta quarta-feira (23), o Polo UAB - Universidade Aberta do Brasil, no bairro Bom Retiro, recebeu a Formação Continuada dos professores de Ciências do 6° ao 9° ano da rede municipal de ensino de Ipatinga. As palestras foram ministradas pela Mestre em Ciência Gisely Cristina Carvalho e a Mestranda Fernanda A. Satler Vilela, da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). 

Nesta formação, o assunto enfocado é a saúde nas escolas. Segundo a mestranda e professora da rede, Fernanda Satler, o objetivo é levar para as escolas temas específicos da área, que os professores orientem os alunos sobre alguma doença e assim propaguem informações corretas e claras para as famílias. 
A mestranda ainda ressaltou que já existe uma parceria do Ministério da Educação com o Ministério da Saúde para promover a saúde nas escolas, através do Programa Saúde na Escola. “Mas esta formação promovida pelo Departamento Pedagógico da Prefeitura Municipal tende a incentivar e a capacitar os professores a criar caminhos simples para falar de algumas doenças do corpo humano para os alunos”, explica. 
Nesta quarta, o assunto abordado pelos professores de Ciências foi o HPV. Discutiu-se como tratar o assunto em sala de aula. A princípio os professores foram levados a preencher um questionário sobre o HPV, para testar os seus conhecimentos sobre a doença. Com base nestas avaliações, as palestrantes definiram de que modo aprofundar o assunto com eles. 
A professora Fernanda recordou que em 2014 foi introduzida uma campanha de vacinação do HPV nas escolas, de forma gratuita, para meninas entre nove e 14 anos de idade. E em 2017 a vacina foi disponibilizada para a faixa etária masculina de 12 a 13 anos, com a possibilidade de ampliação gradativa para meninos a partir de nove anos de idade, até 2020. “Mesmo com toda campanha e parceria entre os Ministérios e a Prefeitura, aqui em Ipatinga houve pouca adesão. Muitos familiares apresentaram dúvidas e preconceito a respeito da doença. Nesta formação são oferecidas propostas para que o professor de Ciência consiga fazer um planejamento em conjunto com os demais colegas da escola, através de um trabalho multidisciplinar, de modo que o tema seja bem estudado e assim se possa sanar as dúvidas dos pais e alunos. Ou até mesmo um trabalho individual do professor que case com a proposta curricular da Prefeitura. Nosso objetivo é levar este conhecimento para a sala de aula. Para que os alunos levem esta informação para casa e as famílias sejam conscientizadas da importância da vacinação”, esclarece. 

Vacina HPV imuniza ambos os sexos 
A vacina de HPV é uma vacina nova no calendário do Ministério da Saúde. A imunização já é destinada às meninas. Agora existe também para os meninos e pode prevenir os cânceres do colo do útero, vulva, vagina, pênis, ânus e orofaringe, refletindo diretamente na redução dos casos de HPV, bem como nas mortes provocadas pelo vírus.

O vírus HPV
Os Papilomavírus Humanos (HPV) são vírus capazes de induzir lesões de pele ou mucosa, as quais geralmente regridem espontaneamente. Existem mais de 200 tipos diferentes de HPV, subdivididos em baixo e alto risco para câncer. Dezoito subtipos de alto risco estão relacionados ao câncer de colo de útero e outros tipos de câncer, e 22 estão relacionados às verrugas genitais. 



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página
    • Portal F�cil
    • 2016 | Todos os direitos Reservados - Prefeitura Municipal de Ipatinga - CNPJ 19.876.424/0001-42 Avenida Maria Jorge Selim de Sales, 100 Centro - Telefone: (031) 3829-8000 CEP 35160-011 Ipatinga - Minas Gerais
    • Desenvolvido por Actcon.net